Acabamento Automatizado de Tubos – MLW200 3Z

A NS Máquinas irá estar presente na feira TUBE Düsseldorf com um stand maior e mais máquinas. Convidá-mo-lo a visitar-nos no pavilhão 5 stand E25 de 20-24 de Junho para conhecer todas as nossas soluções para tubos:

  • ML100 para acabamento de superfície com a integração de um robô Yaskawa.
  • MP100 para acabamento tipo espelho.
  • OD120 para remoção de rebarba e arredondamento de extremidades.
  • TDM100 para furação de tubos e barras.
  • FG170 ZK para acabamento de superfície de tubos retangulares e barras.

Será possível testar a nossa DM1100 C para o arredondamento de aresta em peças de metal cortadas a laser.

Automated Tube Finishing: Increased Productivity for Large Diameters

A lixadora de tubos a água MLW200 3Z é um dos desenvolvimentos mais recentes da NS Máquinas para acabamento de superfície automatizado em tubos compridos e de grandes diâmetros. Esta máquina consegue trabalhar tubos de Ø20mm a Ø205mm.

Equipada com o sistema planetário ML, que está incorporado em todos os modelos ML da NS Máquinas, a MLW200 3Z consegue assegurar que as vibrações serão minimizadas ao ter as lixas a girar em volta do tubo enquanto os rolos da alimentação o transportam através das estações de acabamento, sendo isto o que torna a máquina ideal para o acabamento de tubos compridos e de grandes diâmetros. Ao contrário do que acontece em sistemas centerless, num sistema planetário não existe um rolo de contacto a fazer pressão sobre o tubo, o que significa que este não irá rodar. Isto permite reduzir a temperatura na superfície, evitando distorção do material.

Apesar de serem desenvolvidos para processar principalmente tubos redondos, os sistemas planetários permitem também trabalhar outros produtos tais como tubos ovais, cónicos ou com furos, assim como perfis em D. A substituição dos abrasivos é mais rápida num sistema planetário. Numa máquina planetária, os sistemas de alimentação estão integrados na estrutura, o que faz com que ajustá-los seja mais fácil que num sistema centerless, onde a estação de acabamento e os sistemas de alimentação (que normalmente consistem em mesas de rolamentos complexas) são equipamentos independentes que têm de ser ajustados separadamente. Um sistema planetário, quando combinado com uma funcionalidade de gravação de programas, dá também a possibilidade de lixar apenas certas secções do tubo e decidir que estações vão trabalhar selecionando os respetivos parâmetros no ecrã tátil.

Embora a MLW200 3Z seja uma máquina de 3 estações, a NS tem soluções que podem ir de 1 a 6 estações, tanto a seco como a água. Máquinas que tenham até 3 estações podem ser tanto a seco como a água, enquanto modelos com 4 ou mais estações são normalmente a água, visto que estes tendem a gerar mais calor na superfície do tubo, o que requer um sistema de arrefecimento a água. Um design com múltiplas estações significa que é possível passar de uma superfície em bruto para um acabamento fino, sem defeitos e homogéneo numa única passagem. O facto de não haver a necessidade de passar o mesmo tubo na máquina mais do que uma vez permite beneficiar de consideráveis ganhos de produtividade.

A MLW200 3Z pode ser complementada com sistemas automáticos de carga e descarga que permitem que todo o processo de acabamento seja executado sem um operador. Isto aumenta a flexibilidade produtiva da máquina no sentido em que permite ao operador realizar várias tarefas. Depois de carregar os tubos na mesa de entrada, este fica livre para se dedicar a outras tarefas que são frequentemente complementares às da máquina na medida em que contribuem para o processo de produção em geral.

É isto que acontece com o sistema de carga e descarga bundle-type da NS Máquinas, onde os tubos são colocados em fardos na mesa de entrada e depois transportados automaticamente através das estações de acabamento para saírem prontos do outro lado, onde rolos de tração os transportam para uma zona de descarga. O sistema bundle-type permite poupar, tanto em termos de custos de manuseamento como de tempo de processamento para tubos com 6 ou até 12 metros.

Como extra, uma máquina equipada com sistemas automáticos de carga e descarga pode beneficiar de mais automação através da adição de gravação de programas num painel de controlo móvel com ecrã tátil, onde as principais funcionalidades podem ser ativadas, ou parâmetros de polimento pré-definidos selecionados para uso repetido. Estes parâmetros podem ser facilmente programados e armazenados no sistema. Isto não requer conhecimentos técnicos ou de indústria especializados, o que significa que a máquina pode ser operada por qualquer utilizador com apenas formação básica sobre como trabalhar com o software.

Um sistema automático de carga e descarga alternativo, o sistema conveyor-type, está também disponível sob pedido. Embora este sistema requeira que o operador coloque os tubos um a um na mesa de entrada, tem a vantagem de os manter completamente separados, tanto na zona de carga como na zona de descarga, evitando assim o aparecimento riscos na superfície e assegurando um acabamento perfeito.

A linha de produto ML tem máquinas para uma vasta gama de diâmetros, com modelos que podem ir até Ø310mm, a partir de diâmetros tão pequenos como Ø5mm. Uma das razões pelas quais as máquinas ML se destacam é a sua flexibilidade operacional nos modelos mais simples, mas as versões mais complexas também têm as suas vantagens. Quanto mais automatizada uma ML é, de forma mais autónoma vai trabalhar, o que traz enormes vantagens produtivas.

Diferentes níveis de automação estão disponíveis para servir as necessidades de uma grande variedade de aplicações, desde pequenas oficinas a produções de vários turnos onde a máquina tem de estar em funcionamento contínuo.

[KGVID]/wp-content/uploads/2022/06/MLW200-3Z-AT-Auromated-Round-Tube-Finishing-Net.mp4[/KGVID]

     

    Enviar ficheiro (.pdf, .jpg até 10MB)           


    Share this post


      Contacte-nos:

      .